domingo, 19 de março de 2017

Eduardo Lopes e Abel Estefânio escrevem ao Turismo do Centro na defesa da candidatura de Rãs

Com data de 17 de março, Eduardo Lopes e Abel Estefânio, os dois principais rostos e obreiros da candidatura de Rãs às 7 Maravilhas de Portugal – aldeias, escreveram ao presidente do Turismo do Centro de Portugal, Pedro Machado, no sentido de o convidarem a”aceitar a tutela da candidatura e, nos termos da alínea b) do artigo 6.2.4 do respetivo Regulamento, que a partir da 2ª fase (se lá chegarmos, como esperamos) diligencie para que a candidatura seja adotada e assumida por uma entidade pública local”.
E em defesa da candidatura enunciam no respetivo mail alguns dos aspetos mais relevantes alusivas à candidatura de Rãs, referindo-se à festa de Nosso Senhor dos Caminhos e a um excerto de um texto do escritor Aquilino Ribeiro alusivo à mesma festa.
Igualmente anexaram fotografias e o texto da candidatura.
Eis o teor integral do mail:
«Exmo. Senhor Presidente do Turismo do Centro de Portugal,
Dr. Pedro Machado,
Na qualidade de promotores da candidatura da aldeia de Rãs, no concelho de Sátão, ao concurso 7 Maravilhas de Portugal – Aldeias, na categoria aldeia rural, cuja inscrição foi por nós efetuada em representação do povo da aldeia que a patrocinou, vimos solicitar que V/ Exa. se digne aceitar a tutela da candidatura e, nos termos da alínea b) do artigo 6.2.4 do respetivo Regulamento, que a partir da 2ª fase (se lá chegarmos, como esperamos) diligencie para que a candidatura seja adotada e assumida por uma entidade pública local.
Com a festa em honra de Nosso Senhor dos Caminhos, a Rãs é a aldeia que mais gente trás ao nosso concelho e cremos que será a mais importante romaria de aldeia de todo o território da CIM Viseu Dão-Lafões.  O Mestre escritor Aquilino Ribeiro considerava-a uma das três Mecas da Beira: «As romarias da Lapa, dos Remédios, do Senhor dos Caminhos eram esperadas como o Ramadão da liberdade» (in Aldeia, Terra, Gente e Bichos).
Juntamos as fotografias e o texto da candidatura para a divulgação que considerar adequada. Ficaríamos também muito felizes se pudesse colocar a nossa aldeia no novo site do Turismo Centro de Portugal, que está muito apelativo mas que ainda não tem nada sobre o nosso concelho. Ao dispor.
Com os nossos melhores cumprimentos
Eduardo Lopes | Abel Estefânio»

Sem comentários:

Enviar um comentário