quarta-feira, 31 de julho de 2013

David Justino tomou posse como presidente do Conselho Nacional de Educação

Ontem, dia 30 de julho, David Justino tomou posse, na Assembleia da República, como presidente do Conselho Nacional de Educação, órgão independente e consultivo do estado, que foi presidido até agora por Ana Maria Bettencourt.
A posse, após a eleição pelos deputados, foi conferida pela presidente da Assembleia da República, Assunção Esteves, ante a presença de deputados de vários partidos e membros do governo de que destaco o ministro da educação, Nuno Crato.
Estive presente na posse, órgão para o qual também fui eleito como membro suplente.
Nestes tempos em que a educação tem estado no centro de tantos ataques por parte deste governo é necessário alguém que construa pontes, como muito bem referiu o empossado.

terça-feira, 30 de julho de 2013

Intervenção na convenção autárquica da federação de Viseu do PS (c/vídeo)


A intervenção que efetuei na convenção autárquica da federação de Viseu do PS, no dia 26 de julho, aquando da apresentação dos candidatos às câmaras municipais do distrito.

segunda-feira, 29 de julho de 2013

Oitocentas pessoas, em Nelas, para apoiarem Borges da Silva e demais candidatos do PS

Com o polivalente da escola secundária de Nelas a abarrotar, Borges da Silva apresentou os candidatos à câmara municipal, assembleia municipal e assembleias de freguesia do concelho, ao final da tarde do dia 28 de julho de 2013.
Carlos Zorrinho, deputado e líder parlamentar do PS, em representação do secretário geral, Acácio Pinto, deputado por Viseu e Miguel Ginestal, este em representação da federação de Viseu do PS, marcaram presença nesta iniciativa que, para já, constituiu a maior mobilização da candidatura, que juntou oitocentas pessoas. Também presentes o presidente da concelhia do PS, Adelino Amaral, a coordenadora da JS, Lily Silva e o anterior presidente da câmara do PS, até 2005, José Correia.
Se José Borges da Silva é candidato, independete, a presidente da câmara municipal, António Borges, professor, é o candidato a presidente da assembleia municipal, cargo que ele bem conhece pois já o desempenhou ao longo de vários anos.
Felicidades para todos.

domingo, 28 de julho de 2013

Federação de Viseu do PS realizou convenção autárquica para apresentação dos candidatos do distrito

Decorreu no dia 26 de julho, à noite, em Viseu, a convenção autárquica do PS onde foram apresentados os candidatos do PS às câmaras municipais dos concelhos do distrito de Viseu.
Ante uma sala completamente cheia intervieram na sessão de abertura a presidente da concelhia de Viseu, Lúcia Silva, José Laires, em representação da ANAFRE, António Borges, coordenador autárquico distrital e Rui Solheiro, presidente dos autarcas socialistas.
De seguida foi a vez de dar a palavra aos candidatos às câmaras de todo o distrito e aos deputados, Elza Pais e Acácio Pinto.
O encerramento foi protagonizado por José Junqueiro, candidato do PS à câmara de Viseu, João Azevedo, presidente da federação e Miguel Laranjeiro em representação do secretariado nacional do PS.
Foi um jornada longa, mas que teve o condão de permitir um melhor conhecimento dos candidatos do PS de todo o distrito e das suas expectativas para os seus territórios.
Todas as fotos AQUI.

sábado, 27 de julho de 2013

Banda juventude lusitana de Cumberland atuou em Sátão

Decorreu em frente ao edifício dos paços do concelho de Sátão, no dia 26 de julho, à noite, a atuação da banda do clube juventude lusitana de Cumberland (USA) que se encontra a efetuar uma digresssão por terras lusas.
Constituída por luso-descendentes oriundos da nossa região, permitindo-me aqui destacar os concelhos de Penalva do Castelo, Sátão e Mangualde, esta banda nasceu em 1926 a partir de no seio de um clube que tinha na promoção da língua e da cultura portuguesa o seu principal objeto.
Cumberland é um município norte americano,  junto à costa oriental, e ali está radicada há muitas décadas uma forte comunidade portuguesa da nossa região, que visitei em março de 2007, enquanto governador civil do distrito de Viseu.
Para todos eles uma especial saudação.

sexta-feira, 26 de julho de 2013

[opinião] Um Governo velho, maquilhado com um vice-primeiro ministro

Finalmente o Presidente da República decidiu-se e decidiu, precisamente, aquilo que deveria ter decidido há quinze dias atrás, que era verdadeiramente a sua vontade: reempossar o governo velho, maquilhado com um vice-primeiro ministro.
Não era necessária tamanha hipocrisia. E diga-se que nunca é fácil lidar com estas formas de estar na política. Objetivamente o que se queria era criar uma dificuldade ao PS que, de boa-fé, dialogou, negociou e colocou, mais uma vez, o interesse do país à frente do interesse partidário, o que não sucedeu com outros, como foi o caso do PSD, como se viu pela intervenção, ainda durante as negociações, de Passos Coelho aos conselheiros nacionais do seu partido, ao disparar em várias direções.
Porém, o que importa agora, mais do que interpretar estes últimos dias, é olhar para o futuro. E nesse contexto o que se impõe que se diga é que urge uma mudança de políticas; urge parar a austeridade; urge um novo rumo para Portugal.
Direi mesmo que é uma emergência esta mudança. Senão veja-se a carta, tornada pública, de Vítor Gaspar a Passos Coelho, aquando da sua demissão como ministro de estado e das finanças e iniciador desta crise.
E o que foi que ele disse de tão importante?
Pois, foi mesmo que as políticas seguidas por si e pelo seu governo estavam erradas com os efeitos que, infelizmente, se conhecem através do erro, do grave erro, de todas as previsões e do agravamento, do forte agravamento, de todos os indicadores: desemprego, dívida pública, défice.
Portanto, se for para desenvolver as mesmas políticas, com que o país esteve confrontado nestes dois últimos anos, melhor fora acabar desde já com esta farsa, com este faz-de-conta, com este suplício ao povo português que já não sabe para onde se virar, não para viver, mas para sobreviver.
Continuar a escavar o buraco da austeridade, para utilizar uma imagem muito em voga, vai resultar num buraco mais profundo e donde não mais sairemos, aí sim, sem ser de cócoras perante os cegos interesses financeiros internacionais.
Daí que se impõe seguir uma outra via. Uma via que termine com este austeritarismo, que dinamize o tecido económico e empresarial e dê voz a Portugal numa Europa muita surda aos valores da solidariedade e do respeito de todo o território da união, em que não pode haver territórios de primeira e de segunda, uma Europa dos “catedráticos” e uma Europa dos “bons alunos”.
É por isso que esta decisão presidencial, dentro dos limites constitucionais, é verdade, deve manter-nos muito atentos àquilo que aí vem. É que a maquilhagem, nas pessoas como nos governos, nunca resolveu nenhum problema de conteúdo, apenas o ilude e o disfarça.
Acácio Pinto
Diário de Viseu

Júlio Carvalho, um satense de visita à Assembleia da República

Foi com enorme prazer que os deputados do PS, Acácio Pinto, José Junqueiro e Elza Pais, receberam na Assembleia da República, um seu concidadão, natural de Rio de Moinhos, concelho de Sátão, e residente em Cascais.
Trata-se de Júlio Figueiredo Carvalho, um empresário, que, embora residindo na região de Lisboa nunca esqueceu a sua terra, Rio de Moinhos, que visita regularmente e onde construiu uma residência muito especial, pelos seus recortes simbólicos associados à mais genuína alma pátria.
Nesta oportunidade este viseense, lato sensu, um amante da nossa história coletiva e dos seus principais atores, com uma visão humanista, deteve-se em muitos locais com especiais considerações. Estivemos na sala do senado, na escadaria principal, nos passos perdidos, na biblioteca, no salão nobre, na varanda principal, no refeitório dos frades e esteve, ainda durante algum tempo, nas galerias do plenário a assistir às declarações políticas e à dinâmica parlamentar.
É sempre um prazer podermos receber os nossos concidadãos na AR.

quinta-feira, 25 de julho de 2013

Fui eleito, membro suplente do Conselho Nacional de Educação, pela Assembleia da República


Vídeo com a minha audição realizada no dia 23 de julho de 2013 pela Comissão de Educação, na sala do senado, enquanto candidato a membro suplente do CNE (Conselho Nacional de Educação) proposto pela PS.
Nesta sequência fui eleito, no dia 24 de julho, conjuntamente com os restantes membros propostos pela AR com 180 votos sim, 23 brancos e 4 nulos num universo de 207 deputados votantes.

quarta-feira, 24 de julho de 2013

Ana Almeida, de Ferreira de Aves, visitou a Assembleia da República

Os deputados do PS, Acácio Pinto e Elza Pais, estiveram na Assembleia da República, no dia 24 de julho, com a Ana Almeida, de Lamas de Ferreira de Aves, concelho de Sátão, que é professora do primeiro ciclo, com especialização em educação especial.
Nesta visita a Ana Almeida teve oportunidade de assistir a parte de uma reunião da comissão de educação, ciência e cultura e, ainda, visitou os principais espaços do Palácio de São Bento - biblioteca, passos perdidos, escadaria principal, sala do senado, salão nobre, varanda principal e claustros.
Pela nossa parte é sempre um grato prazer podermos receber na AR os nossos concidadãos.

Uma grandiosa moldura humana para aclamar Francisco Carvalho como candidato à câmara de Penalva

O largo do mercado antigo, em frente ao antigo edifício da câmara municipal, foi o local escolhido pela candidatura do PS para apresentar Francisco Carvalho, como candidato à presidência da câmara municipal de Penalva do Castelo, no dia 21 de julho.
Foram mais de quinhentas pessoas que se concentraram naquele espaço, ao ar livre para aclamar, com muita vivacidade, sobretudo vinda da JS, o candidato Francisco Carvalho.
Pelo palco passaram muitas pessoas para intervirem e para manifestarem o seu total apoio à candidatura. Intervieram José Manuel Lopes, presidente da concelhia, Marlene Lopes, coordenadora da JS, João Torres, secretário-geral da JS nacional, Vítor Pires, mandatário da candidatura, Vítor Fernandes, candidato a presidente da assembleia municipal, João Azevedo, presidente da federação de Viseu do PS, Francisco Assis, representante do secretário geral do PS, que efetuou uma excelente e enfática intervenção, e finalmente intervieram, José Laires, número dois da lista da câmara e Francisco Carvalho, o candidato à presidência da Câmara.
Foram também apresentados os candidatos a todas as assembleias de freguesia do concelho.
Igualmente marcaram presença os deputados do PS, Acácio Pinto e Elza Pais, o coordenador autárquico da federação, António Borges, Rafael Guimarães, presidente da federação de Viseu da JS e Marco Almeida da concelhia de Mangualde, bem como dirigentes da concelhia de Sátão do PS.
(Fotos: José D'Oliveira - www.josedeoliveira.com | Marco Almeida | JS Penalva)